Menu
iFood News

Do Japão ao Marrocos: o que comem as zebras?

Conheça o prato principal de quatro países que passaram para as oitavas de final desafiando os palpites de quem estava de olho só nas seleções europeias

04/12/2022 12h23


Do Japão ao Marrocos: o que comem as zebras?

No futebol, favoritismo não ganha partida —mas fome de bola, sim. Que o digam as quatro zebras que passaram para o mata-mata do torneio mais importante do mundo. Pouca gente imaginou que o Japão fosse vencer a Alemanha e a Espanha e passar para a fase final ao lado de Coreia, Marrocos e Austrália.

Assim como o futebol, a culinária é parte importante da vida de um país. Pensando nisso, de que se alimentam as zebras? O iFood News mostra a seguir quais são os principais pratos dos azarões que seguem vivos na disputa pela taça.

Cuscuz marroquino

No Marrocos, por exemplo, os sabores são surpreendentes – assim como o futebol do time que representa o país.

Os pratos são coloridos e cheirosos, graças ao uso de especiarias para temperar. Na linha de frente desses ingredientes, estão gengibre, açafrão, cominho, páprica, canela e noz-moscada.

O craque da seleção de comidas do Marrocos é o cuscuz marroquino. Ele é feito à base de grãos de semolina, que devem ser hidratados com o uso de água quente por cerca de cinco minutos.

A esse componente são acrescentados diversos outros, variados, que incluem cebola, tomate, pimenta, amêndoas, uvas-passas e cheiro-verde. É uma receita que se tornou bem popular também no Brasil.

Sushi

Pelo menos no delivery, o Japão é um dos favoritos. As comidas da zebra mais surpreendente do mundial também se popularizaram por aqui. No dia do primeiro jogo do Brasil, aliás, a comida japonesa foi a quarta mais pedida.

O sushi, famoso bolinho de arroz recheado de peixe cru e envolvido em alga marinha, tem sido bastante escalado entre as preferências gastronômicas dos brasileiros.

O peixe convocado para a receita pode ser o branco, o atum, o salmão, entre outras opções. Os legumes e vegetais também podem jogar junto no recheio.

Kimchi

A Coreia, mais uma surpreendente força asiática nas finais, vem dar um tempero aos desafios do Brasil em busca da sexta estrela. Para representar o país no cardápio das zebras, um forte candidato é o kimchi.

Esse prato popular é feito com repolho fermentado e temperado com sal, pimenta, alho e gengibre. Funciona bem como acompanhamento de outras receitas, quase como aquele jogador que atua em várias posições para ajudar no esquema da partida —ou, no caso, da refeição. 

Aproveitando que a Coreia vai jogar com o Brasil, que tal provar arroz e feijão com kimchi? Fica muito bom!

Torta de carne

Que tal, agora, um pulinho na gastronomia australiana? Pulo, afinal, tem tudo a ver com a Austrália, conhecida pelos cangurus que dão seus saltos por lá. Mas a zebra também tem marcado presença quando nos referimos a esse país no mundial de futebol.

Essa zebra da Oceania adora uma torta de carne moída, um dos pratos tradicionais da Austrália. Além da carne picada, o recheio conta com reforços como cebola, cogumelo e queijo. Com uma torta dessas, não tem zebra na hora do banquete.

Leia também: