Menu
iFood News

Sustentabilidade social cria comunidades diversas e saudáveis

Conheça esse conceito, seus objetivos e como pode ser aplicado nas empresas

18/04/2023 17h29


Sustentabilidade social cria comunidades diversas e saudáveis

Com programas de sustentabilidade social, uma empresa pode contribuir para o bem-estar, desenvolvimento, igualdade, equidade e geração de renda de comunidades inteiras. 

Uma das três dimensões do desenvolvimento sustentável, a sustentabilidade social tem a ver com melhorar a vida das pessoas e das comunidades para que todos vivam em um mundo melhor. 

Se você ainda não ouviu falar sobre isso, vamos explicar aqui esse conceito, por que é importante e qual é sua relação com a responsabilidade social, além de trazer alguns exemplos. 

O que é sustentabilidade social?

Essa é uma das dimensões do desenvolvimento sustentável, que inclui ainda a sustentabilidade econômica e a sustentabilidade ambiental. 

Na dimensão social, a sustentabilidade se dá por meio de processos, sistemas e estruturas que trabalham em prol da criação de comunidades saudáveis e do bem-estar de todos. 

Um desses processos é o Programa Global de Sustentabilidade e Inclusão Social (GP), do Banco Mundial, que se concentra na criação de cidades e comunidades inclusivas. 

O termo sustentabilidade ganhou destaque com a publicação do estudo Our Common Future  (Nosso Futuro Comum), de 1987, coordenado pela primeira-ministra da Noruega. 

Nele, sustentabilidade foi definido como o “desenvolvimento que satisfaz as necessidades atuais sem comprometer a habilidade das futuras gerações sem satisfazer as suas necessidades”. 

Qual é o principal objetivo da sustentabilidade social?

Nas empresas, seu principal objetivo é identificar e gerenciar os impactos positivos e negativos de sua atividade nas pessoas.

Isso quer dizer que as empresas devem apoiar e respeitar a proteção dos direitos humanos, em especial os direitos dos trabalhadores, a diversidade, a inclusão e a equidade. 

Além disso, a sustentabilidade social também tem como objetivo ampliar as oportunidades para todos, de modo a ajudar no combate à pobreza e à desigualdade social

Qual a importância da sustentabilidade social?

Sua importância vem do fato de que sua construção na sociedade gera qualidade e expectativa de vida para toda a população. 

Com a maior desaceleração do crescimento global das últimas três décadas, promover a sustentabilidade social é imprescindível para o desenvolvimento sustentável e, consequentemente, para o futuro do planeta. 

Programas nessa área também podem significar a abertura de novos mercados, retenção e atração de novos parceiros de negócios e ser fonte de inovação. 

4 benefícios da sustentabilidade social

Seus benefícios dizem respeito ao empoderamento dos cidadãos e à construção de comunidades mais resilientes e pacíficas.  

Veja 5 benefícios listados pelo Banco Mundial: 

Combate à pobreza 

A sustentabilidade social é uma forma de transformar a sociedade e promover o desenvolvimento, combatendo a pobreza e desigualdades sociais. 

Para isso, torna a sociedade mais inclusiva, com comunidades resilientes e pacíficas e cidadãos empoderados, ouvidos e atendidos. 

Oportunidade para todos

Garantir que todos tenham oportunidade de trabalho, renda e desenvolvimento é um dos benefícios da implementação de programas e pactos de desenvolvimento sustentável. 

A exclusão de pessoas LGBTQIAP+, pessoas negras,  mulheres, indígenas e outras de mercados, serviços, tecnologias e sociedade tem alto custo para as pessoas e a economia. 

Capacitação de comunidades 

Programas de sustentabilidade social incentivam a capacitação de membros de uma comunidade para que eles possam criar soluções para a subsistência e o crescimento. 

Ela também estimula o fortalecimento da capacidade de articulação e envolvimento das comunidades e lideranças locais com governos locais e regionais. 

Sociedade resilientes 

Criar oportunidades para que comunidades prosperem faz parte da sustentabilidade social. Conflitos, violência, mudanças climáticas e pandemia transformam países em lugares frágeis. 

Essas práticas ajudam a construir lugares mais seguros e fortes para que todos possam ter oportunidades de desenvolvimento. 

Sustentabilidade e responsabilidade social: qual a relação? 

A sustentabilidade e a responsabilidade social andam lado a lado no desenvolvimento sustentável. Por meio da responsabilidade social, é possível atingir a sustentabilidade social. 

Responsabilidade são práticas e iniciativas, como o cumprimento de normas, diretrizes e certificações, de empresas e cidadãos para a promoção do bem-estar e desenvolvimento. 

Exemplo disso é o Programa Brasileiro de Certificação em Responsabilidade Social, que avalia se as empresas contribuem para o desenvolvimento sustentável, saúde e bem-estar. 

Exemplos de sustentabilidade social

No Brasil, exemplos podem ser encontrados em rankings, como o Merco (Monitor Empresarial de Reputação Corporativa). 

O iFood faz parte desse ranking: na edição de 2022, a empresa ficou em 26º lugar entre as cem empresas que têm a melhor reputação do Brasil. Além disso, dois de seus principais executivos, Fabricio Bloisi e Carlos Eduardo Moyses, estavam no ranking de reputação corporativa e de líderes do Merco.

Em março de 2023, o iFood bateu uma de suas metas de inclusão previstas para dezembro: a empresa tem 35,2% de mulheres em posições de alta liderança (a meta era chegar a 35%). Outra meta está a caminho de ser alcançada —o iFood conta com 45,4% de mulheres em seus postos de liderança; o objetivo é chegar a 50% em dezembro.

A outra meta de inclusão da empresa é ter 30% de pessoas negras na liderança, além de 40% de colaboradores negros até dezembro de 2023.

5 ações de sustentabilidade social para promover nas empresas

Existem diversas iniciativas e ações para promover a sustentabilidade social nas empresas. Práticas de contratações devem ser melhoradas para se tornarem mais inclusivas e representativas. Isso ajuda a promover equidade social e impulsiona o negócio, 

Incentivar e promover o equilíbrio entre vida social e profissional dos colaboradores é essencial para a sustentabilidade social, além de ajudar no sucesso de qualquer negócio. 

Apoiar organizações que trabalham questões sociais que estejam alinhadas ao propósito e missão de um negócio também é uma ação nesse campo, bem como retribuir à comunidade onde a empresa atua com envolvimento em programas locais de desenvolvimento. 

Focar no fornecimento ético também é uma parte importante. Conheça a cadeia de suprimentos; veja se são éticas e se não violam direitos humanos.